BEM VINDO AO BLOG DA SOBRIEDADE

Adicione artigos, fale sobre suas dificuldades em viver "UM DIA DE CADA VEZ" sem fazer uso de substâncias que turvem nossa capacidade de raciocinar, que alterem nosso humor! Te lembra disso? NOSSO REMÉDIO ENTRA PELOS OUVIDOS E SAI PELA BOCA. Viaje em nosso blog!

terça-feira, 30 de agosto de 2011

"GERAÇÃO COCA-COLA"

BOA NOITE GALERINHA DO BEM!
Só revisitando esta postagem prá quem não leu ter a oportunidade de ler.
Hoje, 07 de Setembro de 2.012 é o Dia da Pátria e o Dia da Independência do Brasil!
Saímos do jugo dos Portugueses, mas estamos sob o jugo de pessoas inescrupulosas, sombrias, sorrateiras que querem a todo custo dilapidar nossos patrimônios, meter a mão no dinheiro do povo, desviar verbas etc, etc, etc.
Oxalá toda essa situação "algum dia", mude realmente e definitivamente.
Por enquanto, vamos contando com nossos heróis como o Ministro Joaquim Barbosa e outros tantos que realmente estão preocupados em construir algo em benefício da nação, e não construir casas e mansões faraônicas com o dinheiro do povo.
Então, acabou a história e morreu a Vitória e quem quiser que conte outra.
Boa leitura a todos.


Dia desses, talvez a um mês atrás, fui convidado a falar sobre drogas em uma emissora de rádio aqui em jacarezinho, a rádio norte-sul. Ah, fui convidado pela radialista Márcia Sória, apresentadora de um programa musical nessa rádio, dona de uma voz maravilhosa e dona de uma imensa legião de ouvintes (precisava dizer quem me convidou né?). Fui até a emissora para acertar alguns detalhes, e Márcia me levou até o estúdio e disse: vamos começar a falar hoje então? huahuahua!
tremi na base, mas aceitei o desafio e começamos a conversar.
Me recordo que uma de suas primeiras perguntas foi a seguinte: O que podemos fazer? (com relação às drogas a respeito dos adolescentes e das crianças), e eu respondi: temos que falar, falar abertamente, expor o problema, dialogar, mostrar os malefícios e por onde começar?
Pela família óbviamente, falando abertamente em nossas casas, falando realmente até a exaustão, sendo chatos, mostrando os malefícios e toda a desgraça que as drogas causam. Existe aqui no Paraná, uma campanha da RPC (rede paranaense de comunicação) afiliada da Globo, que intitula-se PAZ SEM VOZ É MEDO!
Então, emprestemos nossa voz prá falar, prá dizer, prá berrar, prá gritar até prá xingar enfim, mas falemos, informemo-nos, discutamos.
Me recordo também que falei ser fundamental a participação, o envolvimento da família no problema, realmente conversando principalmente com as crianças e com os adolescentes, já que existe no meu entendimento, toda uma geração comprometida com o uso de uma substância fatal, letal e desvastadora que se chama "CRACK".
Essa geração que está comprometida com o uso do crack, seria a geração coca-cola, que o Legião Urbana decantava em suas músicas?
Segundo uma rápida pesquisa, essa música foi lançada pelo "Legião" em álbum de 1985; o crack começou a tomar força em São Paulo por exemplo, lá por 1988, 1989; então, seria a geração coca-cola a geração do crack?
Bom, tô divagando, é só um exemplo talvez até tolo, mas que realmente existe toda uma geração comprometida com o uso/abuso de crack, isso existe!
Cabe a todos nós, impedir que as gerações que estão vindo por aí, sigam esse exemplo mortal, letal e fatal.
Recebi um e-mail que falava algo muito legal sobre as gerações anteriores, e as atuais, coisas como segue: somos pais mais dedicados e compreensivos, mas, por outro lado, os mais bobos e inseguros que já houve na história.
Somos a última geração de filhos que obedeceram aos pais, e a primeira geração de pais que obedecem seus filhos.
Somos os últimos que cresceram sob o mando dos pais, e os primeiros que vivem sob o jugo dos filhos.
Os últimos que respeitamos nossos pais, e os primeiros que aceitamos que nossos filhos nos faltem com respeito.
E por aí vai, mas finaliza dizendo " Se o autoritarismo suplanta, o permissível sufoca " e mais: " OS LIMITES ABRIGAM O INDIVÍDUO COM AMOR ILIMITADO E PROFUNDO RESPEITO " ( Esse texto recebido por e-mail, é de autoria de Monica Monastério-Madrid/Espanha) e é o que há!
Então, precisamos acompanhar, dar limites a nossos filhos, saber aonde estão, o que estão fazendo, com quem estão andando!
Dias desses, também numa entrevista a um outro programa de rádio aqui em jacarezinho, a apresentadora dizia: Mãe, faz um lanchinho na sua casa, convida os amiguinhos de seu filho para irem até lá, para que você possa conhecê-los!Sábias palavras - Dize-me com quem andas, e eu te direi quem és dizia o provérbio de muitos, muitos anos atrás.
Cuida do teu filho! Prefiro ser taxado de pai autoritário, chato, retrô, caretão etc,etc,etc do que futuramente visitar meu filho numa instituição, numa prisão, quiçá Deus sabe onde!
Dizia eu no programa de Márcia Sória: Temos de ser amigos de nossos filhos, mas ser pai, ser mãe primeiramente, e fazer valer esse direito.
Eu te amo, você é a razão de meu viver, mas não concordo absolutamente, de modo algum com as atitudes que você toma, com o estilo de vida que você quer levar!
É o amor-exigente!
É o toma lá, dá cá!
É o verdadeiro amigo, aquele que se doa, mas que cobra!E que fala a real!
É uma visão que pode funcionar para todos os pais! Seja amigo de seu filho, mas antes de tudo seja pai, seja mãe.
Acompanhe, pergunte, defina horários, saiba com quem anda, aonde vai!
E finalmente, como dito no princípio, converse, fale abertamente, dialogue.
Dias desses também na RPC, matéria sobre o crack óbviamente, dizia que o crack é responsável hoje no estado do Paraná por 60% dos atendimentos nos CAPS (Centros de Assistência Psicosocial), contra 53% de atendimentos em 2009 por alcoolismo. Ou seja, campeão de bilheteria né?
O Crack causa degeneração do corpo, da mente, da alma!
Causa problemas respiratórios agudos; o Dr.Jairo Werner Professor/Psiquiatra da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, relata caso de um adolescente de 15 anos usuário de crack que apresentou enfisema pulmonar. Pasmem!
Um último, mas não menos importante dado de pesquisa realizada entre usuários de crack no estado de São Paulo, dando conta que 56,6% das mortes de usuários da substância no estado,foi por homicídio, e 26,1% pela contaminação pelo vírus HIV. pois o usuário torna-se promíscuo, contra apenas 10% de overdoses, ou seja: O crack é a droga da promiscuidade e principalmente a droga da violência.
Penso que vou substituir a música geração coca-cola, por aquela que diz: Nos dias de hoje esteja tranquilo, haja o que houver, pense nos seus filhos!
Paz sem voz é medo! Fale, faça sua parte! Eu tô fazendo a minha.
Hasta la vista Baby!
Ah, em tempo acesse: www.rádionortesul.com.br/ pela internet ou se vc tem um rádio bom, 1550 AM
Jacarezinho, Norte do Paraná! Quinta-feira, 01/09/2011 13:30 hs, vou estar lá, falando, informando, discutindo o assunto.
















Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante prá q possamos melhorar e dialogar cada vez mais!

Postar um comentário